Heidelberg CD 102 traz agilidade e mais clientes à Lupagraf, do RS

Impressora, adquirida em 2016, permitiu o aumento da produção com qualidade, ajudando a conquistar novos clientes e a expandir mercado e lucratividade

Em 1989, em Santa Cruz do Sul, RS, João Carlos Lupatini fundou uma gráfica, na época chamada Disneylândia. Após quatro anos, com a construção do novo prédio, começaram os investimentos em equipamentos mais avançados tecnologicamente, com a compra da primeira máquina off-set.

Em 2004, além da mudança do nome para Lupagraf, a empresa adquiriu uma Speedmaster SM 52, da Heidelberg, firmando-se como uma gráfica completa e comprometida com qualidade e rapidez na entrega. Em 2011 inaugurou seu novo prédio, maior, moderno e totalmente voltado ao atendimento do cliente, passando a investir nos anos seguintes em máquinas de acabamento, como dobradeiras e alceadeiras; e de impressão, como a XL 75 4 cores mais verniz, todas da Heidelberg. Um dos segredos do sucesso da Lupagraf é seu constante investimento em tecnologia, o que permite que a gráfica complete agora em abril 28 anos com um dos mais modernos parques gráficos do estado.

A empresa é comandada pelo fundador e pelos filhos Wagner Lupatini, diretor e Guilherme Lupatini Neto, diretor de produção. Wagner explica que ”às vezes, quando todos se queixam das dificuldades, o empresário tem de investir para aumentar sua produtividade e destacar-se no mercado”. Por isso mesmo, em 2016 a Lupagraf adquiriu a impressora Heidelberg CD 102, cinco cores + verniz à base d’água em linha. Segundo Wagner, “neste equipamento é possível imprimir o formato máximo de folha de até 72x102 cm, além de trabalhar com uma cor especial, ou dois vernizes especiais em linha. Esse avanço tecnológico permitiu que aumentássemos bastante nossa base de clientes, ganhando espaço na região”.

Alexandre Machado, gerente de vendas da Heidelberg, explica que a Speedmaster CD 102-5+L, adquirida pela Lupagraf, possui alimentador Preset Plus, com pré-ajustes automáticos de ar e formato, controle automático de chegada de folha, sistema de colchão de ar para transporte de folha entre as unidades, dispositivo de lavagem automática e saída Preset Plus, além do comando de controle Press Center com o sistema de controle de qualidade Easycontrol, a impressora CD 102 veio se juntar às impressoras XL 75-4+L e PM 52-4 da Heidelberg, anteriormente adquiridas pela Lupagraf.

Segundo Alexandre, a CD 102 “é uma das impressoras offset mais vendidas mundialmente pela Heidelberg com produtividade comprovada em diversos clientes brasileiros e mundiais. O grande diferencial deste equipamento é a flexibilidade para atender tanto o mercado promocional/editorial quanto o mercado de embalagens, isto porque é possível imprimir diferentes substratos que variam de 0,03 até 1,00 mm de espessura.”

O alto nível de automação e a unidade de verniz à base d’água com aplicação via sistema Anilox, com diversos tipos de lineatura, trouxe maior versatilidade e aumentou a produção consideravelmente. Para Wagner Lupatini “o nosso grande destaque é a qualidade e a rapidez na entrega dos trabalhos, esse é o nosso compromisso. Com a CD 102 a capacidade de produção aumentou e, trabalhando com grande qualidade e rapidez, conseguimos explorar nichos novos. Desta forma, conseguimos mais clientes e nos firmamos ainda mais no mercado gaúcho”, comemora.

Premiações

A qualidade dos trabalhos da Lupagraf já rendeu muitos prêmios regionais e nacionais. Desde 2009 conquistou 14 vezes o prêmio Gaúcho de Excelência Gráfica. Em 2015, venceu em duas categorias “Cardápio” e “Folheto Publicitário” no 25º Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica “Fernando Pini” e, em 2016, conquistou prêmios em duas categorias “Cartões de Mensagem” e “Panelarias” no 12º Prêmio Gaúcho de Excelência Gráfica.

Socioambiental

A LupaGraf também se preocupa com a sustentabilidade. Todos os tipos de aparas geradas no processo de produção vão para reciclagem. Resíduos são classificados, separados e destinados às empresas especializadas que recolhem estes materiais para realizar o tratamento e o descarte adequado. As tintas são à base de óleos vegetais, seu uso ajuda a reduzir a poluição atmosférica e o efeito estufa. A empresa é uma das poucas gráficas da região certificadas pelo selo FSC (Forest Stewardship Council), que atesta a origem controlada e o correto gerenciamento ambiental do papel utilizado.

Legenda: na foto, da esquerda para a direita, Wagner, João Carlos e Guilherme Lupatini

Mais Informações

  • Speedmaster. É inspiração.

    Speedmaster. É inspiração.

    Inspire-se e descubra as oportunidades que a sua Speedmaster lhe oferece.
    mais

  • Planos de Manutenção Heidelberg.

    Contrato um plano agora e ganhe 5% de desconto!
    mais

  • Publicações

    As últimas informações - tudo a respeito de inovações da Heidelberg e o que há de novo na indústria gráfica.
    Heidelberg News

Entre em contato.

Seu diálogo com a Heidelberg.

Ohr und Sprechblase in HDM-Farben

Atendimento Heidelberg


Clique aqui para entrar em contato conosco