#PressingAhead.

"Como está a situação
econômica da Heidelberg?”

A Heidelberger Druckmaschinen AG está fazendo rápidos progressos na transformação iniciada em novembro do ano passado no sentido de reforçar a garantia do futuro: na sequência da estabilização financeira pela retransmissão de 380 milhões de euros dos ativos fiduciários da Heidelberg Pension Trust e.V. em março. Neste momento, significantes medidas estruturais estão sendo implementadas. Em junho, um novo modelo de operação foi lançado, o qual, com níveis gerenciais reduzidos, processos mais enxutos e foco no cliente significativamente aprimorado, permite um gerenciamento mais eficiente do rentável negócio principal. Geralmente, o pacote de ações é projetado para melhorar a lucratividade da Heidelberg em 100 milhões de euros. A Heidelberg acredita também que o programa irá reforçar sua posição no atual cenário desafiador causado pela pandemia do Covid-19.

2019 foi um ano de esclarecimentos e consequências para nós. Mesmo antes da crise do Covid-19, lançamos o programa de reestruturação mais abrangente da história recente de nossa empresa a fim de fortalecer o núcleo rentável da Heidelberg. Agora, estamos fazendo tudo que está ao nosso alcance para estabilizar ainda mais nossa base financeira e nos tornarmos sustentáveis e lucrativos a médio prazo. Estamos avançando na implementação desse programa para tornar a Heidelberg uma empresa melhor. Já atingimos marcos importantes, particularmente em tempos de crise, isso também nos ajuda a ser um parceiro forte ao lado dos nossos clientes, os apoiando ativamente.

Temos uma sólida base financeira e perseverança. A estabilidade da Heidelberg nessa crise é a base sólida para uma potencial recuperação econômica.
Agora estamos nos aperfeiçoando e reduzindo o breakeven point. Perspectivas positivas nos mercados da Heidelberg nos inspiram com otimismo para desenvolvimentos futuros.
Estamos focando em nosso rentável negócio principal. Como líder em tecnologia e fornecedor completo (produtos e serviços), a Heidelberg é um parceiro de confiança para os clientes nos seus principais negócios.

A estratégia da Heidelberg está claramente focada em aumentar a rentabilidade nos mercados e segmentos de mercado lucrativos nos quais a empresa detém uma posição de liderança global. A entrada de pedidos na região da Ásia/Pacífico aumentou no total para € 683 milhões, apesar das quedas relacionadas à Covid-19 no quarto trimestre (ano anterior: € 658 milhões). Muito disso se deve a pedidos vindos da China, onde a Heidelberg já exerce uma grande presença para aproveitar as oportunidades de crescimento, com uma força de trabalho de 850 funcionários. Como maior fornecedor mundial na área de impressão de embalagens, a Heidelberg está estrategicamente posicionada para explorar o potencial dos principais mercados em crescimento, como a China. Atualmente, a Heidelberg obtém cerca de 50 por cento de sua receita de impressoras offset nesse setor.

Definimos nosso foco em rentabilidade de forma clara. Esse é o nosso roteiro estratégico e o caminho que seguiremos a passos consistentes para avançarmos. Isso nos colocará em posição de substancial vantagem quando os mercados se recuperarem. Isso vem correspondendo ao desenvolvimento positivo do fluxo de caixa livre, que totalizou EUR 225 milhões (ano anterior: EUR -93 milhões), principalmente devido à entrada de cerca de EUR 324 milhões de ativos fiduciários. Á Heidelberg, portanto, estabilizou significativamente suas finanças em um ambiente econômico desafiador.

Estabilidade financeira

Redução significante nas dívidas líquidas

Durante o último ano fiscal, a Heidelberg reduziu significativamente sua dívida líquida para € 43 milhões, com uma retransferência de aproximadamente € 380 milhões para a empresa de ativos fiduciários Heidelberg Pension-Trust e. V., no final do exercício financeiro, tornando a empresa mais estável hoje do que a anos atrás. Também, a alavancagem - a relação entre dívida líquida e EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização), excluindo o resultado da reestruturação - estava em baixa de 0,4. Isso abre caminho para que a empresa desfrute de seus próprios recursos para garantir o status de parceiro confiável entre seus clientes, mesmo na histórica crise econômica global atual.

  • Aumento tradicional na dívida líquida no exercício devido ao acúmulo de estoque e maior participação das vendas no segundo semestre.
  • Aumento do nível de dívida líquida global no ano fiscal 2019/20 devido à vigência das normas internacionais de contabilidade, IFRS 16, (€ 50 m aprox.) e maior capital circulante líquido.
  • Entretanto, redução significativa da dívida líquida na data do relatório para € 43 m (31 de março de 2019: € 250 m) devido ao aumento de caixa e equivalentes.

Estrutura financeira estável com liquidez suficiente

Os pilares de nossa carteira de financiamentos - instrumentos do mercado de capitais (obrigações de empresas e unidades de obrigações conversíveis remanescentes), linha de crédito de consórcio bancário com outros instrumentos e empréstimos promocionais - encontravam-se bem equilibrados na data do relatório, com um volume total de cerca de € 590 milhões. O exercício da opção de venda por parte dos detentores de obrigações reduziu o volume da dívida de obrigação conversível para cerca de € 17 milhões em 30 de março de 2020. A Empresa planeja o resgate da obrigação da dívida ao longo do ano fiscal de 2020/2021. No entanto, o momento certo e a decisão de implementação dependem de como os negócios se desenvolverão, principalmente quanto ao impacto da pandemia global Covid-19. A linha de crédito de consórcio bancário, apenas parcialmente utilizada, foi reduzida de cerca de € 320 milhões para cerca de € 267 milhões e juntamente com o caixa na data do relatório, oferece à Heidelberg flexibilidade financeira para suas futuras reorientações e atividades operacionais do dia a dia.

Os pilares da nossa carteira de financiamento - instrumentos do mercado de capitais (obrigações de empresas e unidades de obrigações conversíveis remanescentes), linha de crédito de consórcio bancário com outros instrumentos e empréstimos promocionais - encontravam-se bem equilibrados na data do relatório, com um volume total de cerca de € 590 milhões.

O montante em dívida de obrigação conversível foi reduzido para cerca de € 17 m em 30 de março de 2020 devido aos detentores de obrigações exercerem a opção de venda.

Obrigações de empresa (HYB) a serem restituídas no decorrer do ano fiscal 2020/2021, conforme previsto.

O crédito de consórcio bancário, que apenas um terço foi sacado em dinheiro, reduziu de € 320 m para € 267 m, juntamente com o caixa e equivalentes, de cerca de € 430 m na data do relatório, confere à Heidelberg flexibilidade financeira para suas futuras reorientações e atividades operacionais do seu dia a dia.

De médio a longo prazo, a Heidelberg acredita que um abrangente pacote de medidas auxiliará na melhoria sustentável da rentabilidade da empresa, bem como no seu poder financeiro para crescimento futuro.

Apresentação Reunião Geral Anual 2019/2020

Relatório Anual 2019/2020

Não há limites para nosso
comprometimento com a
indústria de mídia impressa.


Responderemos a todas suas questões.

"Qual será o principal negócio da Heidelberg no futuro?"
Nosso principal negócio
"Digitalização – que valor agregado posso esperar da Heidelberg?"
Nossa estratégia em digitalização
"O que será oferecido pela Heidelberg para impressão de embalagens?"
Nossa estratégia em embalagens
Como podemos te ajudar?

Aguardamos a sua mensagem. Para poder reagir rapidamente à sua solicitação, precisamos de algumas informações. * Esses campos são obrigatórios.